”Diabéticos e intolerantes podem comer ovos de chocolate na Páscoa”, explica nutricionista do Cariri sobre as opções saudáveis


No Cariri, é possível encontrar os produtos no cardápio da confeitaria funciona Equilibrium Supreme; produto varia de zero açúcar, além de veganos, diet e low carb

Conforme a Biblioteca Virtual em Saúde, do Ministério da Saúde, o Brasil é o 5º país em incidência de diabetes no mundo, com 16,8 milhões de doentes adultos, dos 20 aos 79 anos de idade. A estimativa da incidência da doença em 2030 chega a 21,5 milhões. Há vários tipos de diabetes, e em todos é necessária uma alimentação equilibrada, fundamental para o controle da comorbidade. Com a chegada da páscoa fica difícil resistir aos ovos de chocolate, pois eles estão por todo lado, e o marketing que envolve o período acaba fazendo com que mesmo as pessoas que não podem comer, cedem.

A Nutricionista esportiva, Ravenna Gleica, informa que é possível comer chocolate sem perder a linha, e isso vale também para as pessoas com diabetes que não precisam se privar deste momento. “Hoje no mercado existem várias opções mais saudáveis, feito até mesmo de forma artesanal e saborosa. Como ovos, brownie e até mesmo docinhos. Tudo sem açúcar, e para quem é intolerante a lactose e ao glúten há também essa opção”, destaca.

Sabendo disso, uma empresária de Juazeiro do Norte que trabalha com alimentos zero açúcar na composição, além de veganos, diet e low carb, e sabendo ainda que a Páscoa é um período onde a procura aumenta pela tradição ao consumo em relação a data, ela desenvolve ovos que podem ser ingeridos sem nenhuma preocupação por diabéticos. Rosinha, da Equilibrium Supreme, já é conhecida no ramo e, segundo ela, a ideia de trabalhar com doces inclusivos surgiu da percepção em relação a carência desse tipo de produto na região do Cariri.

“Percebe-se que pessoas com restrições alimentares acabam se submetendo a consumir, para saciar desejos e necessidades, produtos tradicionais, por terem dificuldades de encontrar produtos específicos para sua restrição”, lembra. Ela destaca que que consumido de forma moderada, o doce traz grandes benefícios para a saúde.

O sucesso dos seus produtos é enorme, tanto que a procura não é só por quem tem restrição alimentar, mas também por quem busca uma alimentação mais regrada e saudável no dia a dia. Este ano ela adianta que os ovos de colher terão uma variação entre chocolate amargo e chocolate branco, tudo com zero açúcar na composição, veganos, diet e low carb, e os valores variam entre R$ 50,00 e R$100,00, de acordo com o tamanho. São quatro sabores, com opções amargo, doce e moderado.

Assessoria Commonike

Postar um comentário

0 Comentários