Uso de máscaras não é mais obrigatório em ambientes fechados a partir desta sexta, no Ceará


O uso de máscara em ambientes fechados não é mais obrigatório no Ceará a partir desta sexta-feira (15). O anúncio foi feito pela governadora do Ceará, Izolda Cela (PDT), em transmissão nas redes sociais, e oficializado no Diário Oficial do Estado (DOE), publicado nesta quinta-feira (14).

Contudo, conforme Izolda, há exceções: em unidades de saúde e transporte coletivo as pessoas devem continuar usando o equipamento de proteção individual. Os espaços de acesso ao transporte, como terminais de ônibus, rodoviárias e estações de metrô também ainda exigem a máscara.

O uso de máscara em ambientes fechados não é mais obrigatório no Ceará a partir desta sexta-feira (15). O anúncio foi feito pela governadora do Ceará, Izolda Cela (PDT), em transmissão nas redes sociais, e oficializado no Diário Oficial do Estado (DOE), publicado nesta quinta-feira (14).

Contudo, conforme Izolda, há exceções: em unidades de saúde e transporte coletivo as pessoas devem continuar usando o equipamento de proteção individual. Os espaços de acesso ao transporte, como terminais de ônibus, rodoviárias e estações de metrô também ainda exigem a máscara.

“O decreto irá trazer a desobrigação do uso de máscaras em ambientes fechados, com as exceções: hospitais e transporte público”, disse Izolda Cela.

O uso de máscaras em ambientes abertos já é facultativo desde 21 de março, conforme decretado pelo então governador, Camilo Santana (PT).

Epidemiologistas do Departamento de Saúde Comunitária da Universidade Federal do Ceará (UFC) ouvidos pelo g1 também consideraram o momento como apropriado, especialmente por conta do cenário epidemiológico do estado.

Vacinação continua

A governadora destacou que o estado tem quase 90% da população vacinada com o “esquema primário” de vacinação, ou seja, pessoas que já receberam a primeira e a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Apesar do avanço da vacinação, a governadora afirmou que a população deve manter a vacinação, incluindo a dose de reforço, também chamada terceira dose.

“Esse momento é importante, quando a decisão permite a desobrigação do uso de máscara nos ambientes fechados e lembrando uma coisa muito importante: as recomendações permanecem. O próprio decreto traz recomendações.”

Foto: Natinho Rodrigues/SVM / Fonte: G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários