Suplente pede cassação de Mariangela por infidelidade partidaria em Crato


O primeiro suplente ao cargo de vereador no município do Crato/CE pela legenda do PMN, Humberto Teles Cidade acionou o Tribunal Regional Eleitoral pedindo a cassação da vereadora de Crato Mariangela Bandeira por infidelidade partidária após a mesma ter trocado o PMN pelo PDT para pleitear uma vaga de deputada estadual nas eleições deste ano. A ação foi impetrada pelo advogado Dr. Leopoldo Martins.

Mariangela é atualmente primeira secretária do legislativo cratense e assim como o segundo secretario da casa, Marquim do Povão estão na berlinda após trocarem de agremiação em periodo não permitido pela lei eleitoral.

Os processos estão para serem avaliados pelo pleno do TRE, após apreciação por parte dos juizes relatores.

Por Flavio Pinto News

Postar um comentário

0 Comentários