Operação cumpre mandados contra fraudes em empresa prestadora de serviços hospitalares da Sesa, no Ceará


Uma operação da Polícia Civil cumpriu, nesta quinta-feira (30 de junho de 2022), sete mandados de busca e apreensão que investiga indícios de fraudes envolvendo a Cooperativa de Trabalho de Atendimento Pré-Hospitalar Ltda (Coaph), prestadora de serviços médicos e hospitalares para a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa). A Operação Karkinos visitou residências em Fortaleza e Eusébio.

A operação tem por objetivo investigar crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção ativa, corrupção passiva, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou através de nota que tomou todas as medidas que eram de sua competência nesse caso e agora aguarda a apuração dos órgãos responsáveis.

Já a Coaph Saúde informou que nesta quinta-feira, às 6h, a empresa foi surpreendida com o procedimento de busca e apreensão realizado pela Polícia Civil na sede da Coaph Saúde. A Coaph Saúde afirmou que durante toda a execução do procedimento a cooperativa esteve à disposição auxiliando os integrantes da Justiça que coordenavam o caso.

A empresa reforçou que está à disposição da imprensa para falar sobre o assunto e reafirmou o compromisso com a verdade dos fatos e reforçou que as atividades são lícitas, não havendo quaisquer irregularidades a serem identificadas.

Auditoria feita pelo órgão público
De acordo com a Polícia Civil, após a realização de uma auditoria realizada pela própria Sesa, foram encontrados indícios do funcionamento de um esquema criminoso de favorecimento financeiro indevido envolvendo gestores e profissionais de saúde, ligados à Coaph, e que prestavam serviço ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu Ceará).

As ordens judiciais foram expedidas pelo Poder Judiciário da Comarca de Fortaleza. Ao todo, cinquenta policiais civis participam da operação.

Fonte: g1 CE

Postar um comentário

0 Comentários