Anestesista é preso em flagrante por estupro de uma paciente que passava por cesárea


Giovanni Quintella Bezerra foi detido em flagrante após denúncia de funcionários do Hospital da Muulher, em São João Meriti

O médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra foi preso em flagrante por estupro na madrugada desta segunda-feira, 11, em São João Meriti, no Rio de Janeiro. Ele é acusado de abusar de uma paciente durante uma cesárea no Hospital da Mulher, no munício da Baixada Fluminense. A informação é da TV Globo.

De acordo com informações, a investigação da conduta do anestesista começou após funcionários filmarem Bezerra colocando o pênis na boca de uma paciente, que estava desacordada, durante participação do parto dela.

A polícia informou que a equipe trabalhava com o médico começou a desconfiar por causa do excesso de sedativos aplicado por ele.

“É preciso destacar a atuação de uma equipe de enfermagem, profissionais de saúde exemplares que notaram em outras cirurgias o movimento do corpo do médico. Para que houvesse uma prova, eles decidem filmar, verificar se estava acontecendo aquilo que eles realmente imaginavam. O criminoso ministrava uma droga para que ele conseguisse cometer o crime”, afirmou a delegada Barbara Lomb, da Delegacia da Mulher, em entrevista para a TV Globo.

Giovanni Quintella Bezerra tem 32 anos e concluiu a especialização médica em anestesia há dois meses.

Terra

Postar um comentário

0 Comentários