Filipe Ret é conduzido à delegacia após ser autuado por porte de drogas


O rapper Filipe Ret, 37 anos, foi conduzido de um resort de luxo em Angra dos Reis a uma sede da DRE-RJ (Delegacia de Repressão a Entorpecentes) após ser autuado por posse de drogas para consumo pessoal.

No fim de junho, a DRE iniciou uma investigação contra Ret por tráfico de drogas após ele aparecer com um balde de cigarros supostamente de maconha em sua festa de aniversário de 37 anos. O artista teria oferecido o entorpecente para os convidados.

O delegado Marcus Amim,  reforçou que as investigações tiveram início no dia seguinte ao evento, quando Filipe Ret postou em perfis de mídia social imagens e textos que faziam referência à entrega de maconha aos convidados.

“Fornecer droga, ainda que gratuitamente, é tráfico”, declarou o titular da DRE.

Com o material apreendido, os agentes darão continuidade ao inquérito para identificar todos os envolvidos no crime em apuração.

O delegado Rodrigo Coelho disse em coletiva que foi encontrado material entorpecente para consumo em dois endereços de Ret.

“Ele, em tese, se encontra na situação de flagrante de posse para consumo pessoal e, se ele assinar o compromisso de comparecer em juízo e responder a todos os atos do processo ele é liberado e autuado no porte para consumo”, afirmou.

Ele [Filipe Ret] ficou surpreso, mas não teve nenhuma reação, aceitou bem a diligência. Fizemos o pedido de busca e apreensão nos endereços dele para encontrar parte do material que poderia ter sido o mesmo da festa e outras evidências como o telefone dele, que foi pedido a apreensão para ver se tem alguma imagem ou coisa parecida que a gente consiga comprovar essa distribuição de drogas nessa festa.

O delegado disse ainda que a polícia teve acesso a imagens de uma câmera e o material já foi encaminhado para a perícia.

“A princípio só ele está sendo investigado pela distribuição desse material na festa (…) Se eventualmente ficar constatado que ele tem um fornecedor, que ele tem uma produção, uma sociedade ou qualquer coisa ilícita no Brasil, pode ser que a gente chegue a outros envolvidos”, explicou.

A festa de aniversário de Ret ocorreu no Vivo Rio, zona sul do Rio de Janeiro, no dia 21 de junho. O evento contou com a presença de nomes como Jade Picon, Douglas Silva, Pedro Scooby, Paulo André e Ronaldo Fenômeno, que podem ser intimados a depor.

Segundo os investigadores, a administração da casa de show se negou a fornecer, na íntegra, as imagens do dia em que Filipe Ret promoveu uma festa na qual, supostamente, houve distribuição gratuita de droga.

As imagens do aniversário já haviam viralizado nas redes sociais, com pessoas afirmando que o evento era “open beck”, em referência ao termo “open bar”. Ou seja, a droga seria gratuita e ilimitada.

Postar um comentário

0 Comentários