PF entra na segurança de Lula e classifica petista como nível de risco máximo


A Polícia Federal começou a fazer a segurança do ex-presidente Lula na campanha eleitoral.

A entrada dos agentes do órgão no esquema de proteção ao petista foi definida na sexta (22), um dia depois da homologação dele como candidato pelo PT.

A PF assinou um protocolo com a campanha de Lula na própria sexta (22). E explicou, na ocasião, que a situação do ex-presidente foi classificada no nível de risco máximo –ou seja, ele terá que ser acompanhado diariamente por uma segurança reforçada em todos os eventos a que comparecer, e até mesmo em atividades rotineiras.

Postar um comentário

0 Comentários