Médica do Sistema Hapvida reforça a importância da imunização na prevenção da meningite


Em vídeo, Francine Gonçalves, médica e diretora corporativa de Terapia Intensiva do Sistema Hapvida, reforça a importância da imunização na prevenção da meningite:

“A meningite é uma doença caracterizada pela inflamação da meninge, a película que recobre o cérebro. Ela pode ser causada por vírus, bactérias, parasitas e fungos. Os sintomas virais são parecidos com um resfriado comum: febre, falta de apetite e fadiga. Já quando é bacteriana, os sintomas são mais fortes. A meningite meningocócica é a mais preocupante por poder levar à morte. Ela causa febre alta e persistente; dificuldade de abaixar a cabeça até o queixo tocar o pescoço por conta da rigidez na nuca; e manchas vermelhas pelo corpo. Se isso acontecer, é de extrema importância levar de imediato o paciente ao serviço de saúde mais próximo. A doença é tratável e existe vacina, gratuita e disponível no SUS. É preciso atualizar o cartão vacinal da criança. As vacinas para a meningite são a BCG, pentavalente, pneumocócica e meningocócica. Há várias doses, é fundamental estar atento aos reforços para que o tratamento não fique incompleto e o paciente, suscetível a infecções”.

Sobre o Sistema Hapvida

Da companhia resultante da fusão entre Hapvida e NotreDame Intermédica, em 2022, foi formada a maior operadora de saúde e odontologia do Brasil. Os números superlativos mostram o sucesso da operação que reúne cerca de 15 milhões de clientes, 60 mil colaboradores, 7 mil leitos de atendimento hospitalar e 18% de participação de mercado em planos de saúde. Presente nas cinco regiões do País, a rede própria de atendimento conta com 85 hospitais, 77 Prontos Atendimentos, 318 clínicas médicas e 269 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial. Dessa fusão, apoiada em inovação, resulta uma empresa com os melhores recursos humanos e tecnológicos para os seus clientes.

Mais informações,

Assessoria ComMonike

Postar um comentário

0 Comentários