Médico juazeirense é encontrado morto no seu apartamento em Recife


O corpo do médico Cícero Ramon Soares Damasceno, de 28 anos, foi encontrado na noite desta quarta-feira (17 de agosto de 2022), no interior do seu apartamento, em Recife (PE). A causa da morte ainda é desconhecida e foi recolhido pelo rabecão a fim de ser necropsiado no Instituto Médico Legal (IML) de Recife. Ele era juazeirense, filho de Rogério Damasceno o qual, durante muito tempo, trabalhou na Aliança de Ouro e da Gerente Pessoa Jurídica do Bradesco, Adriane Nara, do Sindicato dos Bancários do Cariri.
Os pais seguiram à Recife para cuidar do traslado do corpo até Juazeiro, onde será sepultado. O mesmo era médico generalista formado pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), em Petrolina (PE), e estava se especializando em Pediatria. Numa de suas últimas postagens na sua conta de Facebook, no dia 8 de abril, Dr. Ramon Damasceno justificou a sua opção pela pediatria a qual iniciou em março de 2021 e concluiria em 2024.
“Eu entrei na Faculdade de Medicina sem a certeza de qual especialidade seguir, porém com a certeza absoluta de que não seria a Pediatria. A minha ideia era ser cirurgião. Era linda a imagem que eu pintava sobre colocar a mão na massa, quase que literalmente. Não sou filho de pais médicos e tenho pouquíssimos familiares médicos”, disse em meio às suas explicações. Ele conclui afirmando: “Respiro Pediatria 24 horas por dia numa rotina extremamente cansativa, mas não trocaria por nada”.
Fonte: Site Miséria

Postar um comentário

0 Comentários