Quarto lote de restituição do Imposto de Renda cai na conta de 80.869 cearenses na quarta-feira


O quarto lote de restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) de 2022, já disponibilizado pela Receita Federal para consulta, cai na conta de 80.869 contribuintes do Ceará na quarta-feira (31).

O crédito bancário, no valor total de RS 132.366.834 será depositado no dia 31 de agosto. Destes, R$ 126.763.345,34 referem-se ao IRPF do exercício de 2022 e o restante contempla 3.699 contribuintes que entregaram a declaração dos exercícios anteriores.
O pagamento da restituição é realizado na conta bancária informada na Declaração de Imposto de Renda, de forma direta ou por indicação de chave PIX.

Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil. Neste caso, o cidadão poderá reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e Demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

Consulta

Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita, clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a Restituição”.
A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou uma consulta completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC. Caso identifique alguma pendência na declaração, o contribuinte pode retificá-la, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.
A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Foto: Marcelo Casal/Agência Brasil / Fonte: Agência Brasil

Postar um comentário

0 Comentários