Russa é presa tentando vender o filho por R$ 25 mil para pagar dívidas


Uma mulher foi presa tentando vender o seu filho, de 7 anos, em um shopping center de Yekaterinburgo, na Rússia, pelo equivalente a R$ 25 mil. As autoridades dizem que a mulher, chamada Nargiza, de 35 anos, anunciou o comércio on-line, alegando que precisava do dinheiro para pagar dívidas.

A russa foi detida depois que funcionários da Alternativa, uma instituição contra o tráfico humano, posaram como supostos compradores em resposta ao anúncio, contou o “Sun”. O “negócio”, cuja data não foi revelada, seria selado na praça de alimentação do shopping. Nargiza trouxe o menino com ela e disse que ele “não se importava” de morar com uma nova família.

Após a prisão de Nargiza por tráfico humano, o menino foi encaminhado para uma assistente social. A russa pode ser condenada a até 10 anos de prisão. A operação ocorreu em um momento em que autoridades da Rússia estão intensificando esforços contra a venda de crianças como escravas sexuais ou para o comércio de órgãos por quadrilhas com ramificações no exterior.

Extra.

Postar um comentário

0 Comentários