Mais de 6 milhões de eleitores cearenses irão às urnas neste domingo, 2/10


Neste domingo, 2 de outubro, 6.820.673 eleitoras e eleitores cearenses estão aptos para escolher representantes para Presidência da República, Governo do Estado, Senado Federal, Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa. As eleições, que terão horário unificado no país, iniciarão às 8h e seguirão até as 17h, horário de Brasília.

Contribuirão em todo processo eleitoral mais de 130 mil pessoas, incluídas(os) mesárias(os), auxiliares de eleição, delegadas(os) de prédio, juízes(as) eleitorais, terceirizadas(os), servidoras(es) e policiais. Foi destinado um orçamento de mais de 24,7 milhões para realização da eleição no estado. Os principais gastos são com apoio técnico, convocados(as) e materiais e serviços.

No Ceará, serão 22.796 seções eleitorais, distribuídas em 6.672 locais de votação. Apenas em Fortaleza, mais de 1,8 milhão pessoas estão distribuídas em 5.235 seções em 655 locais de votação.
Os três maiores locais de votação de Fortaleza são o Colégio Ari de Sá Cavalcante na av. Washington Soares, a Universidade Estadual do Ceará e o Centro de Formação e Desenvolvimento para Profissionais da Educação.

Votos de presos provisórios

Sete municípios do estado: Fortaleza, Caucaia, Aquiraz, Itaitinga, Pacatuba, Juazeiro do Norte e Sobral, terão seções eleitorais em presídios e centros socioeducativos. A medida beneficiará 655 presas e presos provisórios e adolescentes em custódia, que estarão aptos a votar neste domingo.

Comunidades Indígenas e Quilombolas

8.309 indígenas poderão votar no dia 2/10. As seções serão instaladas em 26 locais de votação em 16 municípios do estado do Ceará, como Acaraú, Caucaia e Maracanaú.

Comunidades quilombolas de 23 municípios, entre eles: São Benedito, Pacajus, Crateús, terão seções eleitorais. Serão 53 seções em 31 locais de votação que atenderão 10.781 quilombolas.

Segurança

A eleição no Ceará contará com planejamento de segurança da Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria de Segurança Pública, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania, Polícia Federal e Agência Brasileira de Inteligência.

Além disso, haverá reforço das Forças Federais em 10 municípios do estado: Fortaleza, Quixadá, Tauá, Sobral, Juazeiro do Norte, Caucaia, Pacajus, Aquiraz, Horizonte e Maracanaú, com o contingente de 950 militares, no total.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem