1

Polícia Civil de Juazeiro do Norte prende suspeita de latrocínio contra idoso


A Polícia Civil de Juazeiro do Norte, através do Setor de Roubos e Furtos, prendeu na tarde desta sexta feira, dia 07/10/2022, a suspeita de iniciais ASL de cometer o possível crime de latrocínio em desfavor de Sebastião Guedes da Silva, 72 anos, conhecido por Senhor Bastos, comerciante conhecido da Matriz e que residia a Avenida Leandro Bezerra, próximo ao Memória Padre Cícero.

A equipe investigativa, após tomar conhecimento do fato, iniciou as diligências para tentar elucidar como Sr Bastos foi morto de forma tão bárbara.

O possível latrocínio aconteceu na residência da própria vítima, que no final da tarde do dia 06/09/2022 foi encontrado com diversas perfurações e um corte em forma de cruz na barriga, indicando sinais de tortura. Havia muito sangue na casa, além de também ter um pano ao redor do pescoço da vítima, o que pode indicar sinal de asfixia.

Durante quase 1 mês, a equipe investigativa do Setor de Roubos e Furtos se empenhou quase que 100% nesse caso, colhendo declarações, imagens de câmeras de segurança, identificando pessoas, fazendo o percurso da suspeita desde a hora em que saiu de sua casa até a saída da casa da vítima. Segundo a investigação, a suspeita ASL adentrou no imóvel por volta das 9:30h e saiu 11:30h, e que ninguém antes ou depois adentrou ou saiu do imóvel.

Diante de todos os elementos colhidos, a Autoridade Policial representou pela prisão temporária da possível autora que completa 35 anos no próximo dia 10, assim como foi representada por uma busca e apreensão domiciliar, o que foi concedido pelo poder judiciário.

A suspeita ASL conhecia Senhor Bastos, inclusive já teve um ponto comercial próximo à casa da vítima (local do fato). Após o delito, câmeras de segurança flagram que a suspeita sai trajada com uma blusa da vítima. Segundo a investigação, como na casa haviam duas “poças” de sangue, a suposta autora vestiu uma blusa limpa para não chamar atenção.

Desta forma ficou claro para os investigadores que a suspeita ASL foi a única que entrou na residência e lá permaneceu por mais ou menos duas horas, até a sua saída da casa de Bastos, e desde então Sebastião Guedes ficou incomunicável, sendo encontrado morto no final da tarde.

A equipe do Núcleo de Inteligência da Polícia Civil de Juazeiro do Norte também participou das investigações.

ASL será recolhida na Cadeia Pública Feminina do Crato a disposição da justiça .

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem