Polícia Federal cumpre mandados de prisão preventiva no Cariri em operação de combate à corrupção


Investigações envolvem empresas prestadoras de serviço e a prefeitura de Ouricuri/PE

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje, 2, as Operações Ipuçaba, Circus e Pergaminho, que tem como objetivo apurar crimes contra a Administração Pública, como peculato, fraude em licitações, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em contratos firmados pela Prefeitura de Ouricuri/PE com empresas prestadoras de serviços sediadas nos Estados do Ceará e Pernambuco. Os alvos são empresários, servidores e ex-servidores públicos.

Foram cumpridos em Juazeiro do Norte nove mandados de mandados de busca e apreensão e dois pedidos de prisões preventivas, além de um mandado de busca e apreensão em Fortaleza. Na cidade de Ouricuri/PE um mandado de prisão preventiva e vinte e cinco mandados de busca a apreensão foram cumpridos, assim como medidas cautelares de indisponibilidade de bens e afastamento de cargos de servidores públicos investigados. As investigações contaram com o auxílio da Controladoria-Geral da União (CGU) em Pernambuco.

As medidas judiciais visam reforçar os elementos de prova de autoria, materialidade e circunstâncias dos fatos investigados, com a apreensão de computadores, telefones celulares e documentos, além de recuperação do dano ao erário apurado. A investigação apura os contratos firmados a partir de 2019 até 2021. Se condenados, os investigados poderão cumprir pena de até 45 anos de reclusão.

Os presos passarão por audiência de custódia e caso seja confirmada suas prisões preventivas irão ser enviados para a Cadeia Pública de Salgueiro ficando a disposição da 27ª Vara Federal de Ouricuri/PE, caso contrário, responderão ao processo em liberdade.

Fonte: CN7

Postar um comentário

0 Comentários