Relator do Orçamento diz que PEC viabilizará R$ 22,7 bilhões à Saúde


O senador e relator-geral do Orçamento de 2023, Marcelo Castro, anunciou, neste domingo (11/12), que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) destinará R$ 22,7 bilhões à saúde. O valor virá do espaço aberto no orçamento pela PEC da Transição.

“A área mais priorizada com o remanejamento da PEC será a saúde, porque o orçamento da saúde de 2023 está R$ 16,6 bi a menos do que o de 2023”, afirmou o senador. A segunda prioridade, de acordo com Castro, é a educação, mas ainda não foi decidido quanto será destinado ao setor.

Os detalhes da proposta estarão em um relatório que será divulgado por Castro na próxima segunda-feira (12/12).

O documento trará orientações sobre como deve ser remanejado o espaço aberto no Orçamento do próximo ano com a aprovação da PEC da Transição.

A proposta de emenda constitucional foi aprovada pelo plenário do Senado Federal na última quarta-feira (7/12). O valor total da PEC ficou em R$ 145 bilhões, no período de dois anos, além de abrir margem de quase R$ 23 bilhões para recompor o orçamento deste ano. O texto deve ser analisado pela Câmara dos Deputados, onde tramitará na próxima semana (entre 13 e 15/12).

Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários