Momento de amor e celebração: Cerimônia coletiva une 15 casais na Igreja Matriz de Santo Antônio


No tradicional casamento coletivo da Festa de Santo Antônio, realizado em Barbalha, 15 casais trocaram alianças no domingo (11). Essa iniciativa, que combina aspectos sociais, culturais e religiosos, tornou-se parte do calendário oficial da Festa do Padroeiro de Barbalha desde 2017.

As noivas desfilaram em carros antigos em um cortejo pelas ruas da cidade até a Igreja Matriz de Santo Antônio. Elas foram acompanhadas por cerca de 12 grupos culturais, incluindo reisados, lapinhas e bandas cabaçais.

Antes da cerimônia, as 15 noivas passaram por uma manhã de beleza no Senac em Juazeiro do Norte, onde receberam penteados e maquiagem. Em seguida, elas seguiram para o Complexo Mais Infância em Barbalha, para dar início ao cortejo das noivas.

O percurso foi de aproximadamente 2 km até a chegada à Igreja Matriz. Ao chegarem ao Largo do Rosário, as noivas foram acompanhadas ao som das bandas cabaçais e da banda de música Batutas do Rosário.

Uma das noivas selecionadas, Erenilde, esperou cerca de 25 anos para trocar alianças com seu agora marido, Fábio. Ela expressou gratidão pelo momento: “Sempre sonhei com esse momento. Mas sempre adiávamos para outro momento. Já estamos juntos há mais de 25 anos e temos duas filhas. E graças a Santo Antônio, esse dia chegou”, disse Erenilde.

Para a noiva Gislane, o dia foi mágico: “Não sei como descrever o que foi hoje. Passamos o dia nos arrumando, depois participamos do cortejo até a matriz. É o sonho de toda noiva. Que Santo Antônio abençoe e que todas as noivas possam realizar seus sonhos e serem felizes”, comentou.

Após a cerimônia na Igreja Matriz, os casais foram recepcionados na Escola de Saberes de Barbalha, onde cada casal cortou um bolo doado pela Escola Estadual de Educação Profissional Otília Correia Saraiva, através do curso técnico de Nutrição e Dietética. Neste ano, o bolo seguiu a tradição de usar apenas ingredientes regionais, como tapioca, uvas roxas colhidas no Sítio Betânia e cachaça.

O casamento coletivo das 15 noivas de Santo Antônio é uma realização da Escola de Saberes de Barbalha (Esba) em parceria com a Paróquia de Santo Antônio, Noite das Solteironas, Centro Pró-Memória de Barbalha Josafá Magalhães, Câmara Municipal de Barbalha e Prefeitura Municipal de Barbalha.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem