Montadoras divulgam tabelas de preços com descontos após anúncio de incentivos governamentais ao setor automotivo


Diversas montadoras que atuam no Brasil estão anunciando suas tabelas de preços de carros com descontos, em resposta ao recente pacote de incentivos anunciado pelo governo. Essas medidas visam impulsionar o setor automotivo no país.

Uma das montadoras que já divulgou seus preços reduzidos é a Renault, com seu modelo Kwid sendo vendido por R$ 58.990,00, representando uma redução de R$ 10 mil em relação ao preço anterior. A Hyundai também entrou na onda e reduziu o preço do HB20 1.0 Sense de R$ 82.290,00 para R$ 74.290,00, em uma promoção anunciada pouco antes das medidas governamentais.

No entanto, algumas montadoras, como Fiat e Volkswagen, optaram por remover temporariamente as tabelas de preços de seus sites, anunciando que em breve apresentarão preços reduzidos. Na Fiat, a expectativa é que alguns modelos passem a custar menos de R$ 60 mil, sendo que o Mobi era vendido por R$ 68.990,00 antes das medidas de incentivo do governo. A Volkswagen também prometeu expandir a oferta, oferecendo bônus de até R$ 5 mil reais ou taxa zero aos seus clientes.

O pacote de incentivos anunciado pelo governo contempla descontos nos preços finais dos carros, assim como subsídios para a redução de valores em caminhões. Estima-se que o governo destinará cerca de R$ 1,5 bilhão para esse pacote, sendo R$ 500 milhões para carros, R$ 700 milhões para caminhões e R$ 300 milhões para vans e ônibus.

No caso dos carros, o governo adotou uma proposta de descontos escalonados com base em três fatores: eficiência energética (níveis de emissão de carbono), densidade industrial (capacidade de geração de empregos e crescimento) e preço acessível. Carros com valor de mercado de até R$ 120 mil terão descontos de até 11,6%. De acordo com o governo, esse limite abrange aproximadamente 45% dos modelos disponíveis no país.

Os descontos variam de R$ 2 mil a R$ 8 mil para carros novos, mas as montadoras e concessionárias também poderão oferecer descontos adicionais, caso desejem. Além disso, as vendas com descontos serão exclusivas para pessoas físicas nos primeiros 15 dias, com a possibilidade de prorrogação por até 60 dias, dependendo da resposta do mercado. Posteriormente, as empresas também poderão se beneficiar do programa.

Com essas medidas, espera-se que o setor automotivo brasileiro receba um impulso significativo, estimulando as vendas e oferecendo opções mais acessíveis aos consumidores. Os descontos oferecidos pelas montadoras são uma excelente oportunidade para aqueles que desejam adquirir um carro novo a preços mais atrativos.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem