A sanfona chorou e o forró tomou conta da segunda noite do Festival Expocrato


O público dançou do forró de Luiz Gonzaga ao Forró eletrônico. A segunda noite do Festival Expocrato mostrou que o evento é para o público de todas as idades e gostos musicais. A pluralidade do evento está presente nos pequenos e grandes detalhes. Dona Raimunda, cratense de 95 anos, veio nesta segunda-feira, 10, ao Festival Expocrato, apenas para prestigiar o cantor Vicente Nery. A fã de carteirinha, foi surpreendida com a chance de ir até o camarim conhecer seu ídolo e cantar uma palhinha da música “Ponto G”, sucesso do artista com a banda Cheiro de Menina. Vicente disse que gosta de cantar para os mais velhos e para os mais novos. Disse ainda que a música não tem idade, a música consegue fazer isso, levar uma nonagenária até o maior Festival do Norte e Nordeste. Dando sequência ao choro da sanfona, Toca do Vale fez o público dançar com as músicas mais animadas, mas também cantou clássicos de Luiz Gonzaga, cantando um medley de “Aboio Apaixonado” e “Ave Maria Sertaneja”, mostrando que além de fazer o público dançar, sabe fazer também aflorar o orgulho de ser Nordestino. Já Zé Cantor foi o maestro da quadrilha improvisada, no meio do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcante. Energia que contagiou todos os setores. Com mais de 30 anos de estrada, Forró Real fechou a segunda noite de apresentações abrindo o baú, com Fernandinho levantando o astral do público, a Fernandinha fez o público tomar uma dose de saudade misturada com paixão e a Mannu Castro mostrou por que a banda dos plays não brinca quando o assunto é cantar sucesso. O palco do maior Festival do Norte e Nordeste também é para os artistas da terra. Tony Silver, ex-cantor da banda Jatinhos do Forró, relata que já se apresentou no evento com sua ex-banda, e que agora, em carreira solo, . Destacou ainda que “estar em uma palco como do Festival Expocrato é de uma relevância imensurável”. Além de Tony, também subiram ao palco a banda Belo Samba, Cícero Bodim e Stanley Farra. A energia não pára no palco do maior Festival do Norte e Nordeste, nesta terça-feira Humberto Gessinger, Paulo Ricardo e Selvagens à Procura de Lei trazem ao palco do Festival Expocrato o melhor do Pop-Rock para o público. *Serviço* Evento: Festival Expocrato 2023 Data: 09 a 16 de julho Cidade: Crato, CE Local: Parque de Exposições Pedro Felício Cavalcanti Abertura dos portões: 19h Classificação Etária: 16 anos Fotos Fabiano Junior

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem