Prisões e investigações revelam esquema de vendas de aprovações no Detran-CE


No dia 29 de junho de 2023, uma operação policial resultou na prisão de 14 pessoas suspeitas de participar de um esquema criminoso no Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE). Entre os presos estavam servidores do Detran, empresários e despachantes. A investigação revelou que o grupo vendia aprovações em exames para obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Além da venda de aprovações, o esquema também envolvia a falsificação de documentos para alterar a data de fabricação dos veículos, dando a eles uma aparência mais recente. Os envolvidos também adulteravam o marcador de quilometragem dos carros, diminuindo a distância percorrida. Com a venda dos veículos fraudados, o grupo obtinha lucro e o dividia entre os membros do esquema. A operação resultou em 14 prisões, além de sete pessoas que receberam tornozeleiras eletrônicas de monitoramento. Foram cumpridos 41 mandados de busca pessoal e três servidores públicos foram afastados de suas funções. Durante a operação, foram apreendidos diversos itens, incluindo aparelhos celulares, motores roubados ou adulterados, lacres, carimbos, placas e selos oficiais, além de anotações financeiras e uma quantia em dinheiro no valor de R$ 59 mil. As investigações sobre o esquema no Detran-CE estavam em andamento há dois anos e a Polícia Civil espera que a análise do material apreendido possa revelar mais detalhes sobre o esquema e identificar outros possíveis envolvidos, para que sejam responsabilizados criminalmente.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem