Empresário Mauro Macedo nega influência para retirar agente de Demutran da frente de escola

O empresário Mauro Macedo negou nesta manhã de sexta-feira (14), ter influenciado na decisão que determinou a retirada de um agente do Demutran que fiscalizava a passagem de pedestres em frente ao Colégio Batista no Centro de Juazeiro do Norte. Mauro Macedo disse ter sido pego de surpresa com a notícia divulga na imprensa da região e afirmou não ter nenhum cargo na administração de seu pai, o prefeito Raimundo Macedo. Mauro saiu ainda em defesa do pai, a quem acredita que também não tomou essa atitude.




Já Jesualdo Cabral, secretário de Segurança do município, disse que o órgão proíbe trabalho extra de seus agentes, quando no mesmo horário de trabalho.
A denúncia foi feita nesta quinta-feira (13), pelo radialista e diretor do Colégio Batista, Francisco Fabiano, que atribuiu manobra como retaliação às críticas feitas em seu programa à administração do prefeito Raimundo Macedo.

Fonte: Flavio Pinto News

Comentários