» » » Número de casos da febre chikugunya no Ceará sobe para 1.281




Subiu para 1.281 o número de casos confirmados de febre chikugunya no Ceará em 2017, doença transmitida pelo mosquito aedes aegypti, mesmo transmissor da dengue e vírus da zika. Conforme a Secretaria da Saúde do Ceará, uma pessoa morreu em decorrência da doença.

Com 705 casos, Fortaleza é a cidade com maior índice da febre. Uma pessoa morreu na capital. O município de Baturité, no Norte do Ceará, aparece em segundo lugar do ranking da doença, com 208 casos confirmados.

Os primeiros casos da febre de chikungunya confirmados em Fortaleza ocorreram no ano de 2014. No período de 2014 a 2017 foram confirmados 18.096 casos de febre de chikungunya, sendo 17.629 (97,4%) em Fortaleza e 467 (2,6%) de outros municípios. Em todo o ano passado, foram 19 mortes na capital devido à patologia, além de 4 mortes que estão sendo investigadas sob suspeita da febre.

Dengue

O número de casos de dengue chegou a 1.981 neste ano, segundo a Secretaria da Saúde. Nove casos são considerados grave. Não foi registrado nenhum óbito neste ano em decorrência da doença.         

Fonte: G1     

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor nos avise através do Whatsapp (88) 8812-5476. Duvidas, criticas ou sugestões também podem ser enviadas em nosso contato Whatsapp. .

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply