Header ads

ads

» » Polícia Federal combate fraudes na previdência na Grande Fortaleza e em cidades do interior do Ceará




A Polícia Federal (PF), a Secretaria de Previdência e o Ministério Público Federal (MPF) integram a força-tarefa que deflagrou a Operação Viúvo Negro, na manhã desta sexta-feira (7). O objetivo da operação é desarticular organização criminosa que vinha fraudando benefícios previdenciários de pensão por morte.
De acordo com a Polícia Federal, estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva, três mandados de condução coercitiva e dez de busca e apreensão. A Justiça determinou também o bloqueio de bens dos investigados, cujos valores reverterão para ressarcimento ao erário.
A Secretaria de Previdência estima o prejuízo causado aos cofres públicos em torno de R$ 5 milhões, valores estes que, se os benefícios continuassem ativos, poderiam chegar a quase R$ 18 milhões.
Segundo a PF, as investigações foram iniciadas em 2015 e abrangeram fatos ocorridos em Fortaleza e Região Metropolitana, além de Santa Quitéria e Reriutaba, também no estado do Ceará. Foram identificados dois mentores do esquema, um empresário e um contador. Este último já responde a processos por receptação, associação criminosa e lesão corporal dolosa.
Os presos ficarão à disposição da Justiça Federal, na Superintendência Regional de Polícia Federal no Estado do Ceará, e serão indiciados, conforme sua atuação no esquema, pelos crimes de estelionato previdenciário, associação criminosa, falsificação de documento público, falsificação de documento particular e falsidade ideológica, com penas que variam de um a seis anos de reclusão.

Fonte: Ceará

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor nos avise através do Whatsapp (88) 8812-5476. Duvidas, criticas ou sugestões também podem ser enviadas em nosso contato Whatsapp. .

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply