Header ads

» » » » Semana Dança Cariri apresenta 36 espetáculos



Há noves anos, nascia a Semana Dança Cariri, com a inten- ção de reunir grupos locais para troca de experiência e apresentação da produção artística ao público. Um ano depois, com aprovação de edital, o projeto cresceu e, na sua terceira edição, ganhou prêmio do Ministério da Cultura, com a participa- ção de artistas renomados da dança nacional. Em 2017, pela primeira vez em sua história, o evento acontece em três cidades do Cariri.

Juazeiro do Norte, Crato e Brejo Santo recebem a VIII Semana Dança Cariri entre os dias 21 e 29 de abril, que oferece, em sua programação, oficinas pelas manhãs, palestras e debates à tarde e espetáculos durante a noite. De acordo com o professor e coreógrafo Alysson Amancio, diretor geral e curador da Semana, a oitava edição foi cuidadosamente elaborada no tocante à inclusão de novas estéticas e pensamentos da dan- ça do festival. Como explicou, as discussões serão centradas no eixo dança e resistência, em um momento em que é preciso pensar estratégias para dar continuidade às atividades.

A Associação Dança Cariri (ADC) é a criadora do evento e tem como parceiras, nesta edi- ção, instituições como o Sesc e o Centro Cultural Banco do Nordeste, que entram como co-realizadores da Semana. Neste ano, a ADC comemora dez anos de existência e, como nas edições anteriores, encontrou dificuldades financeiras para que o festival aconteça. “Ninguém que trabalha na equipe – eu, produtores, iluminadores, técnicos e também os grupos locais – recebe nada pelo trabalho que desenvolve. Todo mundo é voluntário, desejando que a dança cresça e possa, em breve, ter o respeito e a valorização que merece”, enfatiza, na esperan- ça de o poder público compreender a dimensão deste festival e o apoiar.

Na programação estão previstos 36 espetáculos, além de 11 oficinas, mini curso, palestra e encontro-debate com artistas e outros profissionais de dança. Entre artistas, equipe e convidados, deve haver cerca de 190 pessoas. Destas, 148 são do Cariri. “As outras 42 vêm do Rio, São Paulo, Pernambuco, Paraíba, Bahia e de Fortaleza”, afirma Alysson. Toda a programação é gratuita e vai acontecer no Cine Teatro Júlio Macedo Costa, em Brejo Santo, no SESC Crato, CCBNB- Cariri, SESC Juazeiro do Norte e na Associação Dança Cariri. “É emocionante receber nomes importantes da dança nacional, tais como Denise Sturtz, uma das fundadoras do Grupo Corpo; Giselda Fernandes com o ‘Sobre Cisnes’, escolhido um dos dez melhores espetáculos de dança de 2016 pelo Jornal O Globo;  Márcio Cunha com o polêmico ‘Céu de Basquiat’; ‘Mulata’, com Wilemara Barros, considerada a melhor bailarina do Ceará; dentre tantos outros nomes”, afirma Alysson, que vê esta edição como a mais esperada e desafiante.


A Associação está fazendo, além do festival, um desdobramento do evento no Rio de Janeiro. A Ocupação Conexão Dança Ceará-Rio proporciona, além de os espetáculos do RJ virem ao Cariri, que os grupos da região dancem na cidade maravilhosa. A Ocupação acontece entre os dias 03 e 14 de maio no Teatro Cacilda Becker. Ele acredita que, atualmente, a dança nacional passa por um momento crítico e decisivo na dança nacional e que é importante que, aqui no Cariri, ela não retroceda nos ‘avanços’ que obteve na ultima década. “Pensamos que esta VIII Semana Dança Cariri é um evento que nos dará ânimo a continuar na luta a despeito das adversidades”, finaliza o coreógrafo.

Confira a Programação completa da  VIII Semana Dança 


Jornal do Cariri

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor nos avise através do Whatsapp (88) 8812-5476. Duvidas, criticas ou sugestões também podem ser enviadas em nosso contato Whatsapp. .

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply