Atendimento nas UPAs cresce 384% nos últimos dois anos


Antes da inauguração da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Eduardo de Castro Pessoa Lima, na Grande Jurema, em outubro de 2017, a UPA Luiz Nerys Nunes de Miranda, no Centro da Sede, registrava em média 3.800 mil atendimentos por mês.

Em 2019, com os dois equipamentos em pleno funcionamento, a média mensal de atendimentos foi de 18.400. Um aumento de 384%. Em menos de dois anos, portanto, Caucaia quase quintuplicou a capacidade de acolher casos de urgência e emergência nas Upas.

“Temos hoje duas unidades equipadas e ambas do tipo III, o maior porte, com uma equipe de nove médicos. Aumentamos a capilaridade da rede e a população hoje acredita e sente a qualidade do atendimento”, sintetiza o secretário municipal de Saúde Moacir Soares.

São oferecidos nas Upas 24 horas serviços de raio X, laboratório para exames, aparelho de eletrocardiograma e atendimento pediátrico. São feitos atendimentos de urgência e emergência para casos, por exemplo, de pressão alta, febre, cortes, queimaduras, alguns traumas e primeiro atendimento para infarto ou AVC, entre outras enfermidades.

“Quando o paciente chega a uma Upa, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por até 24 horas”, completa Moacir Soares.Para o gerente da UPA Centro, Eder Fernandes, o aumento dos atendimentos se deve “à confiança da população no serviço.

Passaram a procurar mais porque antigamente não era confiável, por ser precário e quase inexistente”. Agora, ele garante que “conseguimos dar uma pronta resposta às pessoas que nos procuram.”Segundo a gerente da UPA Jurema, Fernanda Azevedo, a oferta de serviços em saúde e a qualificação dos profissionais justificam o aumento do atendimento.

“Temos radiologia clínica, laboratório e eletrocardiograma, além de uma equipe completa que todos os meses recebe capacitação. É uma equipe muito preparada.”

via Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários