Cirurgias eletivas são suspensas na rede pública estadual do Ceará, diz Secretaria da Saúde


A Secretaria da Saúde do Ceará informou nesta quarta-feira (18), por meio de publicação do Diário Oficial do Estado (DOE), que vai suspender a partir desta quinta-feira (19) as cirurgias eletivas na rede pública estadual. A medida é para o enfrentamento e a contenção da disseminação do coronavírus. 

O Ceará tem 20 casos confirmados da doença. De acordo com a Secretaria da Saúde, o estado tem ainda 259 casos sob investigação e outros 111 já foram descartados. 

Contudo, as cirurgias oncológicas ou aquelas em que o adiamento possa resultar em risco de agravamento do quadro clínico do paciente, ameaçando a vida, independente da especialidade, devem ser realizadas.

Estão suspensas as cirurgias eletivas plásticas, bariátricas, tireoidectomias não neoplásicas, fundoplicatura gástrica, reconstrução de trânsito, hemorroidectomias, ortopédicas, hiperplasia benigna da próstata, cálculos renais não obstrutivos e sem comprometimento da função renal, adenoamidalectomia, septoplastia, herniorrafia inguinal ou incisional, colelitíase assintomática, além de outras cirurgias não listadas, mas que possuam caráter de eletividade bem definido e que tratem de lesões benignas. 

De acordo com o documento, a retomada das cirurgias eletivas suspensas, quando autorizadas, deverá observar a ordem cronológica dos procedimentos, a contar do início da suspensão.                    (G1 CE)

Comentários