Governo do Ceará entrega 1,2 mil notebooks para alunos de destaque no Cariri


Alunos da região do Cariri que tiveram bom desempenho escolar receberam 1.202 notebooks do Governo do Ceará. A proposta é que os equipamentos possam servir de incentivo na formação desses e de outros jovens.

Os estudantes receberam o reconhecimento em evento realizado na manhã desta sexta-feira (6), na Escola Estadual de Educação Profissional Balbina Viana Arrais, na cidade de Brejo Santo.Representando o governador Camilo Santana, a vice-governadora Izolda Cela ressaltou o papel da rede de Educação do Estado.

“Todo esse empenho do Executivo e do Legislativo acontece para oferecer um proposta educacional de qualidade, mas é preciso o esforço de cada estudante, sem isso, as coisas não acontecem, por mais que tenham professores dedicados. Então, estudem e se dediquem para atingir o objetivo de vocês” disse.

Notebooks Foram contemplados com 427 notebooks os estudantes atendidos pela Crede 18, do Crato. Na Crede 19, de Juazeiro, foram selecionados 486 estudantes. E para a Crede 20, de Brejo Santo, foram distribuídos 289 notebooks.“Estamos aqui por vocês e para vocês. Esse trabalho só se constrói porque temos esse foco na aprendizagem. Essa premiação é um compromisso do Governo do Estado com a educação. E já vemos os resultados com tantos estudantes hoje ingressando nas universidades. Nosso foco é justamente permitir que vocês tenham uma vida mais justa e digna”, destacou Eliana Estrela, secretária estadual da Educação.

Gratidão Exemplo desse bom resultado é a estudante universitária Lara Maria de Souza, 19, ex-aluna da Escola Balbina Viana Arrais. Ela atualmente cursa Direito. “Tenho um sentimento de gratidão muito forte no meu coração neste momento, tanto pelo notebook, quanto pelo que vivi na escola onde concluí meu Ensino Médio. Por isso, a mensagem que deixo é que acreditem no potencial de vocês e aproveitem as oportunidades e políticas públicas ofertadas para vocês”, sugeriu aos colegas estudantes.MediaAluno de farmácia, Edmundo Fonseca Moares, 19, exibia com orgulho o reconhecimento. “Isso que carrego agora é um grande incentivo. Vai me ajudar demais esse equipamento, porque até então eu precisava dividir meu tempo de estudo com a minha irmã, que era a única lá em casa que tinha um”, comemorou o ex-aluno da Escola Simão Ângelo, de Penaforte.

via News Cariri

Postar um comentário

0 Comentários