Ceará deve receber 18 mil testes rápidos para Covid-19 doados ao Ministério da Saúde


O Ministério da Saúde iniciou, nesta quarta-feira (1º), a distribuição dos 500 mil testes rápidos para diagnóstico de coronavírus no Brasil. Desse total, o Ceará irá receber 18.057 testes. Esse lote, segundo o Ministério da Saúde, é o primeiro de um total de 5 milhões de testes para o país adquiridos pela Vale e doados ao Governo Federal. O Ceará também receberá 2.280 testes de biologia molecular (RT-PCR), que é a testagem utilizada atualmente no Estado cujo resultado tem demorado até mais de 10 dias.

A carga, conforme o Ministério da Saúde, saiu nesta quarta-feira (1º) da Coordenação de Armazenagem e Distribuição Logística de Insumos Estratégicos para a Saúde (COADI) do Ministério da Saúde, em Guarulhos (SP), para os estados do Nordeste, sendo transportado pela Força Aérea Brasileira (FAB). O mesmo avião transportará Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os estados da região.

Os testes rápidos, segundo o Ministério da Saúde, irão atender os profissionais que atuam nos serviços de saúde e na segurança, como policiais, bombeiros e guardas civis com sintomas de síndrome gripal.

A diferença entre os testes, além do tempo de resposta é que o RT-PCR detecta, a partir da amostra, a presença do vírus no organismo. Já os testes rápidos verificam a resposta do organismo ao vírus, como por exemplo, a presença de anticorpos contra o micro-organismo invasor.

Para os estados do Sudeste, Sul e Centro-Oeste a carga será levada em voos comerciais, cargueiros também por rodovias. A expectativa do Governo Federal é de que todos os estados estejam abastecidos com essa primeira remessa dos testes rápidos até o fim da semana.

O Ceará ainda aguarda a chegada de outros 50 mil testes rápidos, de um lote de 350 mil, adquiridos pelo Governo do Estado.

Foto: John Moore/Getty Images/AFP
Fonte: Diário do Nordeste

Comentários