Gol retoma voos de Juazeiro para São Paulo nesta quarta (10)


A Gol Linhas Aéreas havia anunciado semanas atrás que voltaria com as operações entre o Aeroporto de Juazeiro do Norte e São Paulo, a partir deste mês. Os voos começam de fato nesta quarta-feira (10), com passagens já disponíveis à venda no site da aérea. A companhia havia cessado todos os seus voos no Orlando Bezerra desde o início da pandemia do novo coronavírus, após decreto publicado pelo Governo do Estado que limita o acesso às fronteiras no Ceará, e deve ser a única a manter conexões diretas entre o Cariri e o sudeste do país até o fim de junho.

O voo será realizado aos domingos, segundas, quartas e sextas, com pouso procedente de São Paulo (Guarulhos) às 12h05. O retorno, partindo de Juazeiro, sai às 12h45. A aeronave a operarem no trecho será o Boeing 737-800. Além deste, a Gol retorna operações nos aeroportos de Petrolina (PE), Ilhéus (BA), Porto Seguro (BA) e Chapecó (SC).

A companhia também tem previsão de retomada, a partir do dia 1º de julho, com as operações para Guarulhos durante a madrugada. Os pousos ocorrem às 0h30, com decolagens previstas para às 3h35.

Atualmente, o Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes conta com voos diários pela Azul Linhas Aéreas, com destino a Recife (PE) e conexões para o restante do país. Esta também tinha previsão de retomar voos com destino ao Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), mas ainda não confirmou oficialmente as datas, que devem ocorrer em breve.

Barreira sanitária
Devido à pandemia do novo coronavírus, o Governo do Ceará, por meio da Secretaria do Estado (Sesa), tem implementado políticas públicas a fim de realizar a detecção rápida da Covid-19 e evitar a disseminação da doença no território cearense. Uma dessas iniciativas é o Projeto de Barreiras Sanitárias, realizado em aeroportos do Ceará.

A iniciativa conta com o apoio da Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE) na execução diária de barreiras sanitárias no aeroporto de Fortaleza e no de Juazeiro do Norte, ambos administrados por concessionárias multinacionais. Ao todo, 56 residentes dos 11 programas de residência em saúde da ESP/CE e três supervisores atuam no serviço.

As equipes realizam, na área de desembarque dos aeroportos, o serviço de aferição de temperatura corporal, triagem, repasse de informações sobre os sintomas da doença e, em caso de necessidade, encaminham o passageiro à rede de atenção à saúde. Os profissionais atuam em regime de escalas diurnas e noturnas, 24 horas por dia.

Por George Wilson

Foto Itallo Rodrigues

Fonte: Site Badalo

Postar um comentário

0 Comentários