Número de assassinatos no Ceará dobra no mês de maio


O número de mortes violentas no Ceará mais do que dobrou em maio. Conforme dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, em mês de maio deste ano ocorreram 365 crimes violentos letais e intencionais, que englobam homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. No mesmo mês do do ano de 2019 foram 179 vítimas. O comparativo entre os dois meses mostra aumento de 103,9% nos casos.

O levantamento aponta 22,9% das mortes foram aos sábados e 15,9% aos domingos. O turno com mais frequência é o noturno, das 18h às 23h59.

Fortaleza registrou 35% dos casos. Durante o último mês de maio, em todo o Ceará foram dois feminicídios e três latrocínios (roubo seguido de morte). Um dos feminicídios aconteceu na capital, com vítima identificada como Antonia Marta de Menezes Pereira, de 50 anos.

Ainda em maio, a Secretaria da Segurança contabilizou 18 mortes em intervenções policiais. Somados aos outros casos deste tipo ocorridos neste ano, são 78 vítimas mortas durante abordagem da Polícia no Ceará.

Drogas e armas
Além dos CVLIs, a Pasta consolidou dados das apreensões no mês de maio. Conforme levantamentos foram apreendidos 424 quilos de drogas, maioria derivada da Cannabis, como a maconha, e 486 armas de fogo.

A Pasta explica que os dados são oriundos da combinação de diferentes fontes, sendo a principal delas o Sistema de Informações Policiais (SIP/SIP3W) que engloba os procedimentos usuais utilizados pela Polícia Civil. Sobre as apreensões também são analisados os relatórios diários encaminhados por policiais que participam das ocorrências.

Foto: Paulo Sadat/SVM

Fonte: Portal G1

Comentários