Pedidos de seguro-desemprego chegam a quase 1 milhão em maio


O Ministério da Economia informou nesta terça-feira que os pedidos de seguro-desemprego em maio subiram 53% sobre igual mês de 2019, alcançando 960.258 solicitações, num reflexo da crise do coronavírus sobre o mercado formal de trabalho.

A marca de quase 1 milhão de pedidos num único mês também representou elevação de 28,3% na comparação com abril deste ano (748.540), disse a pasta.

No acumulado de janeiro a maio deste ano, foram contabilizados 3.297.396 pedidos de seguro-desemprego, alta de 12,4% sobre igual etapa do ano passado.

Dados sobre o desemprego no país até abril mostram que o país tinha 12,8 milhões de desempregados até o fim daquele mês, com uma taxa de 12,6%.

Nesta terça-feira, a Fundação Getúlio Vargas divulgou seu Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) de maio, que mostrou alguma melhora no mês depois de atingir o menor nível da série histórica em abril, mas a permanência da incerteza prejudica as expectativas de uma recuperação definitiva do mercado de trabalho no curto prazo.

Foto: Amanda Perobelli/Reuters

Fonte: Exame

Comentários