Quatro funcionários que trabalham na vigilância de transporte de valores foram presos após incendiarem uma agência bancária no município de Aratuba, no interior do Ceará, na noite deste domingo (6). A ação, conforme os criminosos confessaram a polícia, seria para encobrir um desvio de R$ 400 mil feito por eles na última sexta-feira (4).

Na manhã desta segunda-feira (7), a polícia conseguiu localizar parte do dinheiro furtado do banco e duas armas de fogo em residências na cidade de Fortaleza.

De acordo com a Polícia Civil, por volta das 23h15 o grupo invadiu a agência e violou os caixas eletrônicos do local, sem utilizar nenhum tipo de explosivo. Durante a ação, os homens jogaram gasolina e colocaram fogo banco, fugindo em seguida em um veículo, sentido à cidade de Capistrano.

A polícia foi acionada e conseguiu interceptar o carro usado pelos suspeitos. Os quatro homens são naturais de Fortaleza e três deles informaram aos agentes que trabalham com transporte de valores, por isso tinham facilidade em abrir os caixas eletrônicos.
Ainda durante a abordagem, os criminosos confessaram que haviam abastecido os caixas do banco de Aratuba na sexta-feira e, na ocasião, desviaram a maior parte do dinheiro. Dessa forma, o ataque ao banco seria para encobrir o crime já cometido.
Os quatro presos foram levados para a Delegacia Regional de Baturité. Eles estavam com parte do dinheiro roubado.

Apreensão do dinheiro

Conforme a polícia, na manhã desta segunda-feira os agentes do Comando Tático Rural (Cotar) informaram aos policiais da Capital que o dinheiro desviado estaria escondido nas residências de parentes dos homens presos.

Os policiais fizeram buscas em uma casa na Rua Costa Freire, no Parque São José e encontraram R$ 71,5 mil em espécie. No total, já foram recuperados mais de R$ 100 mil.

Já em outra residência, localizada na Avenida Audízio Pinheiro, no Bairro Henrique Jorge, de propriedade de um dos detidos, os policiais não acharam valores, mas conseguiram localizar um revólver e uma espingarda.

Foto: Isac Macedo/Sistema Verdes Mares

Fonte: Portal G1 CE