Com poesia e literatura de cordel, nutricionista publica guia com informações alimentares no Ceará


Poesia e literatura. Foi com essa junção que a nutricionista Carliane Vasconcelos idealizou um projeto e publicou o livro “Guia Alimentar Arretado e Saudável”, com educação alimentar e nutricional através da literatura de cordel. O livro é inspirado no Guia Alimentar para a População Brasileira, e trabalha com os princípios da obra por meio da rima e da poesia.

Natural de Bela Cruz, no interior do Ceará, Carliane contou em entrevista ao G1 que a ideia de juntar os conhecimentos de nutrição com a literatura de cordel surgiu em 2016, quando fez residência em Saúde da Família em Territórios Vulneráveis de Sobral, cidade do Norte do Ceará.

“Foi durante o processo de residência multiprofissional em Saúde da Família que eu vivenciei em Sobral, na Escola de Saúde da Família. Aí, através de uma disciplina de educação popular e de saúde, eu criei o primeiro cordel”, explica.

“Sem receita milagrosa, ou um superalimento, nada de pílula mágica para o emagrecimento; o nosso feijão com arroz merece enaltecimento”. Essa é uma das rimas escrita no livro de Carliane.

A cearense conta que o livro é composto por pontos como: sistema alimentar; escolhas alimentares; montagem das refeições com os grupos alimentares; comportamento alimentar; ultraprocessados; regra de ouro do guia; como escolher os melhores alimentos; obstáculos da alimentação saudável; comer fora de casa; a influência da mídia na alimentação e estímulo às habilidades culinárias.

Em recomendação, Carliane chama atenção no livro para refeições sem o uso de telas; planejar as compras alimentares; comprar alimentos em feiras ou diretamente do produtor rural e de base agroecológica oriundo da agricultura familiar; dar prioridade ao ato de cozinhar; e consumir alimentos in natura ou minimamente processado, além do consumo de frutas da estação, produtos produzidas localmente.

Reconhecimento

A cearense teve o projeto considerado literatura pela International Standard Book Number (ISBN), no Rio de Janeiro, e ele foi validado como livro. O cordel foi publicado de forma independente e Carliane sonha em conseguir levar o livro para escolas.
“Eu consegui publicar [o livro] todo de maneira independente e a ideia é conseguir fomento em instituições como secretarias estaduais de educação e cultura para eles adquirirem esse livro e colocarem nas escolas, nas bibliotecas”, conta a cearense.

Foto: Arquivo pessoal

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários