Ceará tem 69,60% de abstenção na 1ª edição do Enem digital


O Ceará teve 69,60% de abstenção na primeira edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) digital. A prova foi realizada neste domingo (7) e no anterior (31). No Brasil, a abstenção geral foi de 71,3%.

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, disse já esperar que a taxa alta de abstenção fosse alta, já que no primeiro domingo de Enem digital, 68% dos estudantes de todo o Brasil inscritos para o exame não compareceram. O objetivo é tornar o Exame Nacional do Ensino Médio totalmente digital até 2026.

“Como era projeto-piloto, a primeira aplicação, entendemos que estamos muito satisfeitos com resultado, porque nós conseguimos entregar aquilo que nós nos propusemos.

A participação do estudante é uma opção de cada participante, da nossa parte é garantir que as pessoas consigam fazer a prova e se tiver algum problema, garantir a reaplicação”, afirmou Lopes.

Apesar da primeira edição do Enem digital acontecer em meio à pandemia de Covid-19, Alexandre Lopes acredita que o Inep conseguiu manter a proposta de fazer o exame já na edição de 2020.

“Conseguimos fazer essa aplicação. Estamos muito satisfeitos com o resultado, muito satisfeitos por poder oferecer aos jovens do Brasil essa nova opção, que é o Enem digital, e que a partir de 2026 será obrigatório”, afirmou Alexandre Lopes.

Próximas datas do Enem digital

▪︎8 a 12 de fevereiro: pedidos de reaplicação para quem teve problemas logísticos ou tiveram diagnóstico de Covid-19

▪︎10 de fevereiro: divulgação dos gabaritos

▪︎23 e 24 de fevereiro: reaplicação

▪︎29 de março: resultados

Foto: Reprodução/EPTV

Fonte: Portal G1 Leia

Postar um comentário

0 Comentários