WhatsApp rosa? Não, é só mais um golpe para roubar os seus dados


Não existe uma versão rosa ou de qualquer outra cor do WhatsApp. Um novo golpe que está circulando na internet está fazendo com que usuários baixem arquivos maliciosos com uma suposta atualização do mensageiro. Mas em vez do aplicativo ganhar um novo visual, tudo o que ocorre é que o usuário coloca seus próprios dados armazenados no smartphone à disposição de criminosos.

A nova ameaça virtual foi identificada pelo pesquisador Rajshekhar Rajaharia, especialista em segurança digital. Segundo explica em um tweet, o arquivo malicioso é bem disfarçado e aparenta realmente ser uma ferramenta para o WhatsApp. Mesmo assim, trata-se de um golpe que apenas infecta o smartphone um malware capaz de roubar informações contidas e transmiti-las pela internet para o invasor.

Para evitar problemas, o ideal é seguir as recomendações de sempre: não baixar qualquer arquivo que não seja da Play Store ou da App Store e nem clicar em links suspeitos recebidos por mensagens no WhatsApp ou no Facebook.
Caso o usuário já tenha sido uma vítima, a recomendação é para que ele desinstale o WhatsApp e desvincular o aplicativo de computadores e outros dispositivos que podem acessar a conta nas versões web e desktop.

Melhor ainda se retornar o aparelho às configurações de fábrica. Vale ainda fazer uma formatação geral em cartões de memória microSD, que também podem estar infectados.
Diversos golpes de personalização do WhatsApp surgem na internet todos os dias. Mais recentemente, uma suposta versão chamada de “WhatsApp 2” ganhou fama nas redes sociais. Também é um esquema. Novas versões do mensageiro são anunciadas de forma oficial pelo Facebook, empresa que comanda o aplicativo.

📸 Pinterest/Divulgação

Fonte: Exame

Postar um comentário

0 Comentários