WhatsApp libera função que permite que os usuários acelerem áudios recebidos


Desde domingo (16), o WhatsApp tem promovido novas tentativas para que as pessoas cedam ao conjunto de normas. Em caso de não aceitação sobre o compartilhamento de informações como número de telefone, dados de transações, endereço IP, dados de dispositivo, dados sobre interações com outros contatos com o Facebook, o aplicativo começará a perder funções de forma gradual.

É bom frisar que, segundo o WhatsApp, “esta atualização não impacta como as pessoas se comunicam de forma privada com seus amigos e familiares em qualquer lugar do mundo”. Ou seja, impacta apenas quando a conversa é com uma conta empresarial — ou WhatsApp Business.

Mas quais são as restrições?

Nesta fase inicial, o usuário não poderá acessar sua lista de contatos, mas conseguirá receber chamadas de voz e vídeo. Se as notificações do aplicativo estiverem autorizadas, o internauta poderá clicá-las e responder às mensagens, ligações e chamadas perdidas.

Ou seja, o usuário só poderá aproveitar o aplicativo quando for contatado por alguém. 

Se a pessoa persistir em não aceitar os novos termos, o Whatsapp vai apertar ainda mais as limitações. Além de não conseguir receber ligações ou notificações, o aplicativo deixará de notificar mensagens e chamadas.

Foto: M. H / Pixabay

Fonte: CNN Brasil

Postar um comentário

0 Comentários