Crediarista é a 70ª vítima de homicídio do ano na cidade de Juazeiro do Norte.

Diego foi morto em uma das ruas do bairro João Cabral.
Na tarde desta sexta-feira (23), a cidade de Juazeiro do Norte registrou o 70º homicídio em 2014. A vítima foi um jovem de 23 anos de idade. Diego de Araújo Lunguinho foi morto com um tiro na testa, por volta das 15 horas. O crime ocorreu no cruzamento das ruas Farias Brito com José Lopes de Oliveira, bairro João Cabral.
Segundo testemunhas ouvidas pelos policiais que estiveram na ocorrência, Diego Lunguinho caminhava sozinho quando foi abordado por outro rapaz. Este efetuou o disparo, correu alguns metros e entrou num automóvel Fiat Palio.






Conforme familiares, Diego Lunguinha trabalhava como crediarista, era apelidado por “Boizão”.  O pai dele, Francisco de Araújo disse aos policiais que o filho havia cometido furtos quando era adolescente, mas reforçou que há dois anos trabalhava de crediarista. A família não soube dizer o que teria levado Diego ser assassinado.

Fonte: Flavio Pinto News

Comentários