Dioceses do Ceará se reúnem, em Crato, para refletir sobre espaço litúrgico


Para favorecer a oração dos fiéis, a sintonia deles com o divino e a experiência com o Sagrado, os espaços nos quais acontecem as celebrações devem ser bem projetados e bem ornamentados. É nessa intenção que aconteceu o V Encontro de Liturgia, promovido pelo Regional Nordeste 1, neste fim de semana (5, 6 e 7 de julho). O encontro foi sediado pela Diocese de Crato, especificamente no Centro de Expansão Dom Vicente Araújo Matos, em Crato.

Representantes das Pastorais de Liturgia das nove dioceses do Ceará estiveram reunidos para ouvir as orientações do assessor, Padre Thiago Aparecido Faccini Pago, e do bispo referencial da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia, Dom Gilberto Pastana (bispo de Crato).

A ideia foi levar orientações práticas para os profissionais que atuam na área ou os interessados na área do espaço litúrgico, de acordo com o Padre Ismael Vogas, da equipe de preparação do encontro. “Para que os fiéis possam, de fato, adentrar no Mistério de Cristo, para que haja, de fato, uma experiência ‘mistagógica’, ou seja, uma experiência de intimidade com o Mistério de Cristo, é necessário que haja esses condicionamentos.

Não se pode, apenas, ser artista ou gostar de espaço litúrgico. Também precisa ter em vista as orientações da Igreja”, diz o padre.
Os conteúdos estudados no encontro percorreram a Teologia, a Antropologia e a Ciência da Religião até entender o que é um espaço litúrgico e os critérios que o constitui como lugar de encontro para o cristão, explica o assessor, Padre Thiago.

Aos 35 anos, dos quais nove estão dedicados ao ministério sacerdotal, ele tem mestrado em Teologia (PUC-SP) e especialização em Espaço Litúrgico e Arte Sacra pela (PUC-RS). É secretário executivo da Associação dos Litúrgistas do Brasil (ASLI), perito do Setor de Espaço Litúrgico da Comissão Episcopal Pastoral para Liturgia da CNBB e autor de livros sobre catequese e liturgia.

via Gazeta Cariri

Comentários