Comerciante descumpre decreto de isolamento social e acaba presa por vender cigarros sem nota fiscal no interior do Ceará


Uma comerciante foi presa, nesta terça-feira (14), por manter a sua mercearia aberta com aglomeração de clientes em Quixelô, na Região Centro-Sul do Ceará. A dona do estabelecimento também foi presa por vender cigarros sem nota fiscal.

De acordo com a Polícia Civil, uma equipe recebeu uma denúncia anônima que na Avenida Perimetral, no Centro, estaria sendo descumprido o decreto estadual de combate ao Covid-19, onde estaria havendo aglomeração de pessoas.

Quando os agentes chegaram ao estabelecimento, perceberam que a mercearia funcionava normalmente e com alguns cliente dentro dela. Os moradores foram dispersados pela composição.

Cigarros contrabandeados

Ainda segundo a polícia, ao ser feito uma busca, foi encontrado vários maços de cigarros importados sem nota fiscal. A proprietária do comércio, que não teve a identidade revelada, já possuía antecedentes criminais por receptação e tráfico de drogas. A comerciante foi presa e encaminhada para a Delegacia Regional de Iguatu para os devidos procedimentos legais.

(G1 CE)

Postar um comentário

0 Comentários