Forças policiais e tropas federais montam operação para garantir segurança das eleições no Ceará


As Forças de Segurança do Ceará, com apoio de tropas federais, participam da Operação Eleições 2020, neste domingo (15), com os objetivos de prevenir e de coibir crimes eleitorais no Estado.

A Polícia Militar do Ceará (PMCE) anunciou o incremento de policiais extras ao efetivo, a Polícia Federal (PF) colocou parte do efetivo para trabalhar em tempo integral, enquanto as Forças Armadas Brasileiras (FAB) e a Força Nacional de Segurança (FNS) enviaram homens para o Estado.

O reforço da Polícia Militar se deu com 4.200 policiais militares, que trabalham em serviço administrativo ou que estavam de férias ou folga. Com isso, a Corporação contará com mais de 9 mil agentes de segurança, distribuídos entre Capital, Grande Fortaleza e Interior.

Todos os municípios, menor que sejam, receberão um oficial para o comando dessas ações de polícia ostensiva. Esse mapeamento, esse planejamento, já vêm de algum tempo e todos os municípios foram contemplados. Municípios com mais policiais, levamos em consideração locais de votação e população”, destaca o comandante-geral da Polícia Militar do Ceará, coronel Márcio de Oliveira.
A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) disponibilizou quatro aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) para estarem a postos, com equipes, nas bases de Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte e Quixadá. E se preciso, mais dois helicópteros também podem ser empregados para reforçar o policiamento no Estado.

Polícia Federal

A PF designou 150 agentes para atuarem em tempo integral e atenderem às demandas da Justiça Eleitoral em 18 polos do Estado: Fortaleza, Juazeiro do Norte, Sobral, Camocim, Itapipoca, Aracati, Tianguá, Canindé, Baturité, Russas, Jaguaribe, Crateús, Tauá, Campos Sales, Quixeramobim, Iguatu, Icó e Brejo Santo.

Os efetivos da Superintendência, em Fortaleza, e da Delegacia de Juazeiro do Norte ficam de sobreaviso, em caso de necessidade.

A Instituição conta pela primeira vez, em um pleito eleitoral, com o auxílio de drones para inibir e flagrar crimes, como boca de urna e transporte de eleitores.

O coordenador da Operação Eleições 2020, da Polícia Federal, delegado Paulo Henrique Oliveira Rocha, conta que investigações da PF já resultaram no cumprimento de 21 mandados de busca e apreensão, por suspeitas de crimes eleitorais, nas últimas semanas.

Mandados cumpridos:

▪︎8 em Fortaleza, por supostas compras de votos;

▪︎6 em Apuiarés, por supostas compras de votos;

▪︎1 em Caririaçu, por supostas compras de votos;

▪︎1 em Crato, por supostas compras de votos;

▪︎1 em Iguatu, por suspeita de utilização de milícias por candidatos;

▪︎1 em Icó, contra suspeito de atirar em candidato;

▪︎e 3 em Campos Sales, para combater crimes de falsidade ideológica eleitoral e falsificação de documento público.

Tropas federais

A Polícia Federal tem o apoio da Força Nacional de Segurança, que atuará especificamente, neste pleito, no Município de Caucaia, na Grande Fortaleza. 80 agentes foram enviados à cidade, após pedido da Câmara dos Deputados e aprovação do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Uma das preocupações das autoridades é a interferência de facções criminosas no pleito do Município. O coordenador-geral de planejamento e operações da Força Nacional, Wilson Melo, afirmou, na chegada da tropa ao Ceará, que a FNS “está preparada e disposta a enfrentar qualquer tipo de ameaça de facção contra a população, e dentro da população se encaixam os candidatos, tanto a prefeito quanto a vereador”.

As Forças Armadas Brasileiras também atuarão no Ceará. A 10ª Região Militar empregou o total de 900 militares para reforçar a segurança, distribuídos entre os municípios de Fortaleza, Maracanaú, Caucaia, Sobral, Crato, Barbalha, Juazeiro do Norte, Itaitinga, Horizonte, Pacajus e Ibicuitinga.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu enviar integrantes das FAB para o Ceará e para mais 11 estados do País por quatro motivos: histórico de conflito em pleitos anteriores, existência de conflito entre facções criminosas nas localidades, reduzido efetivo de policiais e acesso dificultoso aos espaços.

Crimes

Assassinato de candidato a vereador, tentativa de homicídio contra vereador e prisões e apreensões por suspeita de crime eleitoral já foram registrados no Ceará em 2020, antes da votação do primeiro turno.
Evangelista de Sousa Jerônimo, o ‘Batista da Banca’, de 51 anos, filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB) e candidato a vereador por Caucaia, foi encontrado morto com golpes de faca, dentro da própria residência, no dia 26 de outubro deste ano. A Polícia Civil do Ceará (PCCE) investiga o caso.

Já o vereador e candidato à reeleição à Câmara de Jardim, Péricles de Sá, o ‘Pequim’, 57, foi baleado pelo próprio primo, após uma discussão, dentro de uma residência da família, no dia 4 de novembro último. Wilson Roriz Filho foi preso em flagrante.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um candidato a vereador e outra pessoa, em uma abordagem a um veículo na BR-222, Município de Irauçuba, na última quinta-feira (12). A dupla, que ia para Sobral, estava na posse de R$ 9,4 mil em espécie, “santinhos” do político e fichas de fiscais eleitorais e de locais de votação.

Três homens ainda foram presos em flagrante pela Polícia Militar por compra de votos em Juazeiro do Norte, na última quarta-feira (11), e levados à Delegacia da Polícia Federal. Eles estavam em um veículo com grande quantidade de propaganda eleitoral de candidatos a vereador e a prefeito do Município, uma quantia em dinheiro e anotações. Mas terminaram soltos, após a autuação e o pagamento de fiança.

Na última terça (10), três policiais militares e um policial civil foram flagrados na posse de dinheiro em espécie e material de campanha, que foram apreendidos em ação deflagrada pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD) e pela SSPDS. Os agentes de segurança são suspeitos de compra de votos nos municípios de Mombaça, Acopiara e Iguatu.

Foto: Halisson Ferreira/SVM

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários