Festas clandestinas com pelo menos 60 pessoas são encerradas pela polícia em duas cidades do Ceará


Duas festas clandestinas que somavam mais de 60 pessoas foram encerradas pela Polícia Militar na madrugada deste domingo (16), nas cidades de Guaiúba e Pentecoste. Em Pentecoste, a 89 km de Fortaleza, cerca de 50 pessoas participavam de uma festa com paredões de som e consumo de bebidas alcoólicas.

De acordo com a polícia, os policiais militares chegaram até o local após receberem denúncias sobre o evento irregular, bem como por perturbação do sossego alheio. Quando os agentes chegaram ao local várias pessoas estavam aglomeradas, em desacordo com o decreto governamental em vigência.

Na ocasião, dois paredões de som foram apreendidos e a festa encerrada. Após as investigações, as pessoas foram orientadas a retornarem para suas casas, bem como a fazerem o uso da máscara de proteção.

Os proprietários dos veículos acoplados com os paredões foram identificados e, junto com os aparelhos de som, foram levados à Delegacia Regional de Itapipoca. Na unidade de polícia judiciária foi lavrado um termo circunstanciado de ocorrência por infringirem determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

Organizadora do evento e dono do imóvel na delegacia

Já em Guaiúba, na Grande Fortaleza, a polícia encerrou outra festa com aglomeração que reunia 11 pessoas entre elas a organizadora do evento e o proprietário do imóvel. Ambos foram levadas à Delegacia Metropolitana de Horizonte.

Policiais Militares do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio), em conjunto com agentes da Vigilância Sanitária, saíram para averiguar uma denúncia da festa irregular que acontecia na região. O grupo foi conduzido à unidade policial em Horizonte, onde também foi lavrado um TCO em desfavor dos indivíduos.

A Polícia Militar reforça que conta com a colaboração da população para cumprir os protocolos de saúde previstos em legislação vigente acerca da prevenção à Covid-19 e esclarece que denúncias de aglomerações de pessoas podem ser feitas por meio do 190.

Foto: Polícia Militar/Divulgação

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários