Quase 17 mil pessoas foram capturadas no Ceará no 1º semestre deste ano por envolvimento em ações criminosas


Quase 17 mil pessoas foram capturadas no Ceará por envolvimento em ações criminosas no 1º semestre de 2021, uma média mensal de 3 mil capturas. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (16) pela Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Entre janeiro e junho foram 16.929 ações do tipo realizadas pelas forças de segurança do estado.

“Concluímos o primeiro semestre de 2021 com quase 17 mil capturas realizadas pela Polícia Militar e pela Polícia Civil do Ceará. Esses resultados levaram a outros resultados importantes, que foi a queda dos indicadores de homicídios e de crimes violentos contra o patrimônio no Estado, em razão de uma maior atuação e maior intensidade operacional das Polícias do Estado”, destacou o secretário da Segurança Pública do Ceará, Sandro Caron.

Outro número divulgado deste ano é a quantidade de entorpecentes apreendidos, que teve um aumento de 80% em comparação ao primeiro semestre do ano passado, indo de 1,3 para 2,4 toneladas apreendidas. Também houve saldo positivo na quantidade de armas retiradas de circulação nos primeiros seis meses. Ao todo, foram 2.999. No mesmo período do ano passado foram 2.856, o que corresponde a um aumento de 5%.

Foto: SSPDS

Fonte: Portal G1 CE

Postar um comentário

0 Comentários