Abertura do “Terreiro Cariri” é marcada por roda de conversa com pajés do Povo Kariri e show dos Aniceto


A Região do Cariri cearense, de fato, é um rico berço cultural do nosso país: desde a música, teatro, aos terreiros, grupos de tradição, das artes em um modo geral e amplo. Nesta segunda-feira, 09, teve início, de forma on-line, o Terreiro Cariri MOACPES com presença de Pajés Kariris, mestras, mestres e apresentação dos Irmãos Aniceto.

O objetivo do projeto é levar ao público ações artísticas e formativas em 10 terreiros culturais do Cariri, abrangendo eixos temáticos de Educação e Memoria, Saúde e espiritualidade, antirracismo, gênero e diversidade, políticas públicas e acessibilidade. Toda a programação acontece no formato virtual, gratuito e aberto ao público, com certificação mediante inscrição e presença nas atividades propostas.

A Região do Cariri cearense, de fato, é um rico berço cultural do nosso país: desde a música, teatro, aos terreiros, grupos de tradição, das artes em um modo geral e amplo. Nesta segunda-feira, 09, teve início, de forma on-line, o Terreiro Cariri MOACPES com presença de Pajés Kariris, mestras, mestres e apresentação dos Irmãos Aniceto.

E não para por aqui, nesta terça-feira, 10, das 15h às 17h terá Oficina sobre “Ritmos Africanos – do Sagrado ao Profano”, com Leno Farias, transmitido pelo Google Meet. Às 19h ocorrerá uma mesa-redonda sobre “Arqueologia social e cultura de base comunitária”, transmitida pelo Youtube Terreirocariri. Siga o perfil no instagram @aldeias_pontodecultura para ficar por dentro de tudo. (Commonike)A Região do Cariri cearense, de fato, é um rico berço cultural do nosso país: desde a música, teatro, aos terreiros, grupos de tradição, das artes em um modo geral e amplo. Nesta segunda-feira, 09, teve início, de forma on-line, o Terreiro Cariri MOACPES com presença de Pajés Kariris, mestras, mestres e apresentação dos Irmãos Aniceto.

 

Postar um comentário

0 Comentários