Palestra de presidenta da Fenaj encerra programação da V Semana de Jornalismo


A saúde mental dos jornalistas na pandemia é o tema que vai ser discutido no último dia de programação da V Semana de Jornalismo do Cariri. Na sexta-feira (1), a presidenta da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Maria José Braga, dará uma palestra, às 18h30, abordando a temática. A noite também contará com uma mesa redonda com a participação da psicóloga da Universidade Federal do Cariri (UFCA), Yane Ferreira, e da jornalista da Diretoria de Comunicação da UFCA, Gabriela Meneses. O evento será transmitido ao vivo pelo Youtube, com emissão de certificados para os inscritos.

De acordo com a pesquisa “Histórias cruzadas: saúde mental do jornalista dentro das redações”, coordenada pela jornalista Gabriela Oliva, 76,2% dos profissionais entrevistados durante a pandemia não tiveram acesso a formas de tratamento nas empresas em que trabalham. A maioria dos jornalistas, 42,9%, avaliou que as instituições encaram o tema de saúde mental de forma regular. A instabilidade gerada pelas condições de trabalho do jornalismo e a falta de amparo das empresas aos profissionais se reflete em números. Aproximadamente 28,6% afirmaram trabalhar de 10h a 12h horas por dia, enquanto 4,8% trabalham mais de 12h”.

A pandemia também afetou os estudantes de jornalismo. Levantamento realizado pela Agência Cariri com estudantes do curso da UFCA, aponta que 67,6% dos entrevistados tiveram piora na saúde mental durante a pandemia de covid-19. Segundo a psicóloga da Universidade, Yane Ferreira, houve um aumento considerável pela procura de atendimento psicológico após a pandemia. “Além dos atendimentos individuais, que costumam ser a maior demanda do serviço, registramos um aumento significativo nas solicitações por atividades coletivas/grupais (rodas de conversa, lives, palestras, entrevistas, reuniões com a comunidade acadêmica desde colegiado de professores, programas de educação tutorial, empresa júnior, secretaria de acessibilidade, entre outros), além da produção de materiais psicoeducativos, como cartilhas, podcasts, cards e outros”.

Durante a Semana de Jornalismo do Cariri, a jornalista Gabriela Meneses vai falar sobre as ações que a Diretoria de Comunicação da UFCA vem desenvolvendo na área de saúde mental. Mãe de Benjamin, que nasceu durante a pandemia, ela também fará um relato de sua experiência neste período.

Estresse e acúmulo entre Jornalistas

De acordo com matéria sobre o aumento e a sobrecarga de trabalho entre os jornalistas realizada pela Agência Cariri, 82,6% dos jornalistas do Cariri cearense relataram o aumento da pressão no trabalho. Esses dados foram levantados pelo Centro de Estudos e Pesquisa em Jornalismo da UFCA (CEPEJOR/CNPq/UFCA), Outro ponto importante da pesquisa foi a elevação do estresse dos profissionais da região durante a pandemia, com grande parte das equipes atuando de modo remoto. A mesa “A pandemia e a saúde mental dos jornalistas” será mediada pelo professor do Curso de Jornalismo da UFCA, Ricardo Salmito, a partir das 19h30.

Texto: Lara Alencar e Geneuza Muniz/ Agência Cariri

Postar um comentário

0 Comentários